Delegacia Legal
 




 

 

 
Notícia
Governo inaugura delegacia legal de Silva Jardim e Quissamã
24/06/2008 - 12h57

Programa Delegacia Legal completará 107 unidades implantadas em todo o Estado do Rio de Janeiro

O Governo do Estado, através do Grupo Executivo do Programa Delegacia Legal, (órgão vinculado a Secretaria de Segurança Pública), inaugura na próxima sexta-feira(27), às 10h, a 120ª Delegacia Legal de Silva Jardim e às 12h30m, a 130ª Delegacia Legal de Quissamã. Com mais estas inaugurações, o Programa Delegacia Legal completará 107 unidades implantadas em todo o Estado do Rio de Janeiro.

As solenidades serão presididas pelo governador Sérgio Cabral e contarão também com a participação dos prefeitos Augusto Tinoco de Silva Jardim e Armando Cunha Carneiro da Silva de Quissamã; do secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame; do chefe de Polícia Civil, Gilberto Ribeiro; do coordenador do Programa Delegacia Legal, César Campos e do delegado Dennis Rupert Hathaway Júnior (Silva Jardim).

Uma parceria entre Governo do Estado do Rio de Janeiro e Prefeitura Municipal de Quissamã foi fundamental na implantação desta nova unidade policial. O Estado foi responsável pelo projeto arquitetônico, implantação da tecnologia, montagem (eletro-eletrônico, mobiliário, material permanente e material de consumo) e treinamento dos profissionais e, pelo convênio, coube a Prefeitura a cessão do terreno e os custos da obra civil. A Delegacia Legal de Macaé também está sendo implantada através de convênio entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal.

– A Delegacia de Quissamã será a terceira unidade a ser implantada dentro do conceito de parceria, as outras unidades foram Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. O Governo do Estado também celebrou convênio semelhante com a Prefeitura Municipal de Macaé. As parcerias são muito importantes para a conclusão do Programa, que já conta com 105 delegacias implantadas em todo o Estado –, celebra César Campos, Coordenador do Programa Delegacia Legal.

A 120ª Delegacia Legal de Silva Jardim (Rua Comandante Pereira Filho nº 51), é uma unidade de pequeno porte, com uma área total construída de 309m². As obras da nova unidade e os equipamentos tiveram um custo total de R$ 872 mil. A unidade terá 12 computadores conectados a Central de Dados do Programa Delegacia Legal e duas impressoras a laser, um switch, um roteador, um scanner, uma câmera e um nobreak. A nova unidade policial terá um delegado, 13 policiais, viaturas e dois profissionais de serviço social e psicologia com experiência em atendimento ao público e um síndico, que vão atender a uma média mensal de aproximadamente 51 ocorrências policiais.

A 130ª Delegacia Legal de Quissamã (Rua Francisco Assis Carneiro da Silva, S/N), além de ser uma delegacia nova é também uma unidade de pequeno porte, com uma área total construída de 334m². As obras da nova unidade e os equipamentos tiveram um custo total de R$ 965 mil. A unidade terá nove computadores conectados a Central de Dados do Programa Delegacia Legal e duas impressoras a laser, um switch, um roteador, um scanner, uma câmera e um nobreak. A nova unidade policial terá um delegado, policiais, viaturas, dois profissionais de serviço social e psicologia com experiência em atendimento ao público e um síndico.

Nas duas delegacias foram usadas técnicas modernas de construção civil, através da substituição das vigas de concreto armado por estruturas metálicas, e também foi usada laje do tipo steel-deck (lâminas de aço tratadas com materiais químicos para evitar a corrosão). O novo padrão, além da velocidade, reduz o custo das obras. As duas unidades policiais são compostas por setor de investigação preliminar e de seguimento, além de sala de no break, duas salas de custódia, uma sala para delegado, copa, sala de repouso e sanitários para policiais e público, com adaptação para usuário de cadeira de rodas.

– Atualmente estão em obras a 64ª DP e a DEAM de São João de Meriti, a 31a Delegacia Legal de Ricardo de Albuquerque. As obras da 76a DP, DEAM e DPCA de Niterói, da 29a DP Madureira são frutos de convênios entre Governo do Estado e o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro –, informa César Campos. (24/06/2008)

Por Ascom Programa Delegacia Legal




Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados