Delegacia Legal
 




 

 

 
Notícia
Estado inaugura nesta quinta-feira a Delegacia Legal e a DEAM de São João de Meriti
14/10/2009 - 12h46

Programa Delegacia Legal completará 111 unidades implantadas em todo o Estado do Rio de Janeiro

O Governo do Estado, através do Grupo Executivo do Programa Delegacia Legal, (órgão vinculado a Secretaria de Obras), inaugura nesta quinta-feira (15), às 11h, a 64ª DP e Delegacia Especial Atendimento Mulher - DEAM de São João de Meriti. Com mais estas inauguração, o Programa completará 111 unidades implantadas em todo o Estado do Rio de Janeiro.

A solenidade será presidida pelo governador Sérgio Cabral e contará com a participação do vice-governador Luiz Fernando Pezão; do prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos; do coordenador do Programa Delegacia Legal, César Campos; do delegado Carlos Cesar Santos, além de autoridades do Estado e do Município.

A 64ª Delegacia Legal e a DEAM de São João de Meriti (Av. Dr. Arruda Negreiros, s/nº - Bairro São Mateus), é uma unidade de grande porte, com uma área total construída de 912,62 m² distribuídos em três andares, sendo que o primeiro pavimento com 305 m², o segundo com 308 m² e o terceiro com 295m² (DEAM). As duas unidades terão entradas independentes, sendo que a DEAM ficará instalada no 3º andar. Também foi instalado elevador para facilitar à acessibilidade a unidade.

A obra da nova unidade e os equipamentos tiveram um custo de R$ 2.391.457,18. Nesta unidade, foram usadas técnicas modernas de construção civil, através da substituição das vigas de concreto armado por estruturas metálicas, e também foi usada laje do tipo steel-deck (lâminas de aço tratadas com materiais químicos para evitar a corrosão). O novo padrão, além da velocidade, reduz o custo das obras.

A nova delegacia legal terá computadores conectados a central de dados do Programa Delegacia Legal além de impressoras, switch, roteador, scanner, câmera e nobreak. A unidade terá atendentes universitários da área de serviço social e psicologia com experiência em atendimento ao público, além do síndico, que é um técnico não policial que cuida da manutenção predial, do estoque de materiais e de funcionamento de equipamentos. A delegacia será composta por setor de investigação preliminar e de seguimento, além de sala de no break, duas salas de custódia, copa, sala de repouso e sanitários para o público, como também adaptações para portadores de deficiências.

– Estaremos completando 111 unidades implantadas em todo o Estado do Rio de Janeiro. A modernização destas delegacias proporciona um ambiente saudável para o policial e para os cidadãos que a elas se dirigem, podendo dispor de tecnologia de informação, o que torna os registros mais ágeis e consistentes –, celebrou César Campos, coordenador do Programa Delegacia Legal.

Por Ascom Programa Delegacia Legal




Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados